TDC INNOVATION
Desafios para criação do futuro digital

Trilha MICROSERVICES

Saiba tomar decisões de arquitetura distribuída que funcionam para você e para o seu time

Ao longo dos anos a arquitetura de microsserviços vem sendo amplamente adotada, por prover inúmeras vantagens como: heterogeneidade tecnológica, escalabilidade, desacoplamento, etc.

Nesse sentido, a arquitetura de microsserviços é muito utilizada para escalar negócios. Mas na prática, como tudo em tecnologia, temos algumas dificuldades ao implementar esse estilo de arquitetura.

Quer saber mais sobre as vantagens, desvantagens e onde aplicar a Arquitetura de Microsserviços?

Junte-se a nós nessa trilha, com as maiores referências do mercado, para aprender sobre sua aplicabilidade, como utilizar; quando não utilizar; como aproveitar ao máximo suas vantagens e mitigar suas desvantagens.

Data

Quarta-feira, 24 de Março de 2021

09h às 19h (somente ao vivo)

Investimento

1 trilha: De R$ 145 por R$ 110
2 trilhas: De R$ 290 por R$ 198
3 trilhas: De R$ 435 por R$ 285
* preço válido até 19/02

1 trilha: De R$ 145 por R$ 130
2 trilhas: De R$ 290 por R$ 230
3 trilhas: De R$ 435 por R$ 330
* preço válido até 16/03

1 trilha: R$ 145
2 trilhas: De R$ 290 por R$ 260
3 trilhas: De R$ 435 por R$ 370
* preço válido até 25/03

Como se inscrever

Palestras

Hora Conteúdo
09:00 às 09:30 Abertura do evento e mini keynote

No palco da Stadium, todos serão orientados sobre o funcionamento do evento, destaques e outras novidades.

09:35 às 10:25

A privacidade de dados e a LGPD

Lainy Moraes

Uma reflexão sobre a privacidade no mundo virtual, riscos, como isso é monetizado e como a LGPD impacta esse contexto.

10:30 às 10:45 Abertura da trilha pela coordenação

Aqui os coordenadores se apresentam e fazem uma introdução para a trilha.

10:50 às 11:25

A Change-Data-Capture use-case: designing an evergreen cache

Nicolas Fränkel Frankel

When an app performs poorly, it?s easy to set up a cache in front of one?s SQL database. It doesn?t fix the root cause but it gets the job done.

Things start to go sour when the app is not the only component writing to the DB. One might think about a couple of ways to keep data in sync i.e. polling the DB every now and then, DB triggers, etc. Unfortunately, they all have issues that make them unreliable and/or fragile.

You might have read about Change-Data-Capture before. Just opposite to Event Sourcing that aggregates events to produce state, CDC is about getting events out of states.

In this talk, I?ll describe an easy-to-setup architecture that leverages CDC to have an evergreen cache

11:30 às 12:05

COMO DESMONTAR UMA APLICAÇÃO CLOUD ?MEGAZORD??

Marcel de Souza Borges

Fazer um gerenciamento adequado da infraestrutura, codificar nossos processos de modo otimizado e as aplicações serem escaláveis, uma aplicação cloud "MEGAZORD" é um pesadelo. O objetivo dessa palestra é demonstrar o case de separação de uma aplicação cloud macro que contém mais de três sistemas distintos. Serão apresentadas as decisões que o time tomou para que objetivo fosse concluído com sucesso, quais os grandes desafios encontrados e algumas das soluções encontradas como a utilização do conceitos de componentização, migração de funcionalidades e artefatos compartilhados para ambiente do GitLab, micro serviços, comunicação por mensageria entre outras soluções.

12:10 às 12:45

Mastering Microservices: A guide to prevent chaos in your Java architecture

Otávio Santana

Microservices bring several benefits to your project, including quick delivery. But as with any architecture decision, it has several challenges, such as logging, API documentation, and so on. The excellent news: some specifications make our job easier to develop microservices in Java. This presentation will show the frameworks that align with good practices that can create a mature and scalable microservice architecture natively in the cloud.

12:50 às 13:50 Networking e Visitação Stands

Intervalo para fazer networking e conhecer os estandes do evento.

14:00 às 14:05 Abertura da trilha pela coordenação

Aqui os coordenadores fazem uma nova introdução para a trilha.

14:10 às 14:45

Introdução a gRPC: um framework moderno e performático para comunicação entre microsserviços

Rafael Ponte

Com a grande adoção de microsserviços ficou claro que muitas das tecnologias e protocolos de comunicação utilizados não tiram o real proveito da infraestrutura dos grandes provedores de nuvens.

Não à toa, a Google publicou de forma open-source o framework gRPC como solução na integração de microsserviços, aplicações mobile e real-time. Um framework que se apoia no ombro de gigantes como HTTP/2 e Protobuf v3 para prover alta-performance, baixa latência, uso eficiente de CPU e interoperabilidade entre plataformas. Além de mais rápido que APIs REST, gRPC abraça um modo mais idiomático e expressivo de descrever APIs fortemente tipadas.

Entende pouco ou nada de gRPC? Então essa talk é pra você!

14:50 às 16:05

A arquitetura de microsserviços está bem fomentada no mercado, mas quais são os custos ($$$) da sua adoção? Será que é cara ou barata?

Thaise Medeiros / Claudio Eduardo de Oliveira / Karina Macedo Varela / Edson Yanaga
Painel Digital desta Trilha
16:10 às 16:25 Networking e Visitação Stands

Intervalo para fazer networking e conhecer os estandes do evento.

16:25 às 17:00

Microservice Data Persistency: Challenges and Best Practices

Kuassi Mensah / Paul Parkinson

Two of the biggest challenges in microservices data persistency are: polyglot persistence and data consistency. This session discusses the challenges of polyglot persistence including multi-data models versus single data model (R)DBMS engines for relational, JSON, Graph, Spatial, Text, etc. data types. The session then discusses maintaining data consistency in MicroServices architecture including: (i) atomicity of persisting events and state; (ii) data consistency, parallel updates. (iii) transactions across microservices, SAGA , Microprofile Long Running Actions and compensation.

17:05 às 17:40

Como DDD e principalmente Domain Model contribuem na construção de microservices.

Isaac Felisberto de Souza

DDD surgiu em uma época onde sistemas monólitos ainda eram dominantes, e com a popularização de microservices muitos dos conceitos de DDD, que já não eram devidamente utilizados em monólitos acabaram sendo deixados ainda mais de lado em microservices. A apresentação foca em como questões como Domain Model, Ubiquitous Language, Bounded Context, Polissemia, dentre outros, contribuem para a modelagem e construção organizada de microservices alinhados ao domínio de negócio.

17:45 às 18:20

Escute o que sua aplicação fala!

Romulo Farias

A cada dia que passa novas aplicações ficam mais simples the colocar em produção. De EC2, K8s clusters a Servless Functions, a realidade é essa. Mas e depois que você tá lá servindo seu cliente, todo pomposo, você escuta o que o seu serviço fala pra você? Monitorar serviços é algo essencial (sempre foi) e pode salvar algumas noites de trabalho, clientes putos e render umas screenshots bonitonas. Nessa talk vou compartilhar minhas experiências na Bol.com, a stack que utilizamos, qual a mentalidade temos para colocar algo em produção e uma ou outra história de guerra nesses últimos dois anos :)

18:25 às 18:45 Open Space

18:50 às 19:05 Encerramento

Após a apresentação de resultados do dia, no palco da Stadium, muitos sorteios fecharão o dia.


Grade sujeita a alterações

Coordenação da Trilha MICROSERVICES


Patrocinadores

Diamond


Gold



Patrocinios e Apoios Trilha e Workshop


Apoio Mídia


Realização