TDC FUTURE
TECHNOLOGY CREATING TOMORROW

Trilha ACESSIBILIDADE

Construindo o futuro da acessibilidade no presente!

Você sabe o que é acessibilidade? É eliminar barreiras arquitetônicas, digitais e comportamentais, proporcionando a equidade de experiências em ambientes físicos ou digitais. Com isso, esta incrível trilha tem como objetivo inspirar profissionais e empresas a construírem uma cultura de acessibilidade que atenda os mais diversos ecossistemas.

Para isso, queremos trazer o futuro da acessibilidade para o presente. Topa fazer isso com a gente?

Date and Place

Wednesday, December 7, 2022

09h às 19h

REMOTE ACCESS WITH ONLINE BROADCAST

Investment

Como funciona o Community Pass

Schedule / Talks Time Zone: GMT-3

Programação desta Trilha:
Time Content
10:35 to 10:50 Track opening by coordination

Here the coordinators introduce themselves and make an introduction to the track.

10:55 to 11:30

Como a Comunidade de Práticas (CoP) pode ajudar você a promover a acessibilidade na sua empresa

Rafael Peduzzi / Joanna Voloski

Nas empresas de tecnologia, iniciativas podem nascer a partir de movimentações de seus colaboradores. A CoP de Acessibilidade na CWI Software é uma comunidade de práticas que une profissionais de diversas disciplinas para promover o tema e torná-lo cultura dentro da empresa, que tem o hábito de apoiar ações como essa. Com a nossa fala, queremos mostrar como começamos, as ações que ajudam a divulgar as boas práticas de acessibilidade numa empresa de tecnologia, como reunir profissionais que atuam em diferentes clientes e como as empresas podem apoiar esse tipo de iniciativa.

11:40 to 12:15

Por que criar experiências sensoriais em interfaces? Sinestesia

Janaina Moreira

(online)

Nos dias atuais, cada vez mais telas concorrem em busca da atenção das pessoas. Por isso, é preciso encontrar maneiras de conquistar a atenção do usuário utilizando estratégias sensoriais.

Inúmeras atividades da humanidade são multissensoriais. Tudo, do lazer à linguagem, requer uma sinfonia de sentidos

Para criar uma interface sinestésica é preciso criar representações cada vez mais fiéis aos sentidos humanos. O tato, a fala, visão e audição devem ser explorados de variadas formas e de maneiras cada vez mais aperfeiçoadas.

Para aproveitar todo o potencial da percepção, os designers devem compreender que toda interação é uma experiência sensorial.

12:25 to 13:00

Um Breve Relato do Uso da Inteligência Computacional no Desenvolvimento de Softwares Acessíveis

Geraldo Gomes Cruz Júnior

(online)

O design universal tem um enfoque no design de produtos, serviços e ambientes a fim de que sejam usáveis pelo maior número de pessoas, independente de idade, habilidade ou situação. Pois bem, ao desenvolver um produto de software de qualidade a diferença de uma imagem acessível pode estar na simples inserção de um "alt" em uma tag "<img>". Nesta apresentação serão discutidas propostas de soluções baseadas em inteligência computacional para o apoio de pessoas desenvolvedoras na construções de software cada vez mais acessíveis e alinhados aos princípios de design universal.

13:05 to 14:05 Intervalo para almoço

An excelent opportunity for all people in the event to interact and exchange ideas. Collaborators, sponsoring and supporting companies, speakers and technical committeé.

14:10 to 14:20 Track opening by coordination

Here the coordinators introduce themselves and make an introduction to the track.

14:25 to 15:00

Os emojis estão em todo lugar, mas será que eles são acessíveis?

Paloma Carvalho Mamede / Álvaro zermiani

(online)

Atualmente, os emojis fazem parte da nossa comunicação no dia a dia, seja em redes sociais, em conversas com amigos no WhatsApp ou até mesmo em mensagens enviadas pelas empresas. Mas será que esse emojis são acessíveis? Nesta Talk queremos compartilhar com a comunidade um estudo que fizemos para analisar a acessibilidade dos emojis: dicas de boas práticas do uso de emojis, como aplicar no fluxo de um chatbot no canal WhatsApp e como criar uma biblioteca acessível de emojis.

15:15 to 15:50

Audiodescrição X Acessibilidade Digital, uma relação possível

Luciane Maria Molina Barbosa

A audiodescrição (AD) ganhou espaço no cenário brasileiro a partir do final dos anos 90, sendo o seu lugar de base o cinema. Timidamente tem ultrapassado as fronteiras da arte para compor os cenários da educação, do entretenimento e do contexto digital. Mas você sabe o que é a AD, como é o processo de construção de um roteiro e quem participa dele? Esta palestra tem como objetivo discorrer sobre os fundamentos da AD e a importância desse serviço de tecnologia assistiva nos contextos digitais, como redes sociais, e-comerce, apresentações e lives. Também fala sobre a necessidade de ter um consultor em AD nas equipes a partir da experiência da palestrante de mais de uma década atuando na área

15:55 to 16:30

Testes de usabilidade com pessoas com deficiência visual.

Vitor David

(online)

A apresentação irá focar que teste de usabilidade é para ser aplicado em toda as pessoas e não apenas na persona da bolha social. Dentro desse contexto irei comentar algumas dica de como realizar testes de usualidade com pessoas com deficiência visual.

16:40 to 17:15

Acessibilidade e Design System, de mãos dadas! ????

Bruno Nepomuceno

Design System e Acessibilidade Digital: processos e fundamentos em um estudo de caso.

Acessibilidade pode e deve estar presente em um Design System desde o dia 0 de sua criação. Para um produto ser escalável o mesmo precisa ser acessível pela maior quantidade de pessoas possíveis.

Vem comigo que vou contar como um time de 5 designers criou os fundamentos de um Design System sobre a ótica da Acessibilidade Digital e como isso impactou diretamente todo o produto.

17:25 to 17:55 Networking and Visiting Stands

Break to network and get to know the booths of the event.

18:05 to 19:05

Construindo experiências digitais para todas as pessoas.

Janaina Moreira / Sandyara Peres / Wellington Cruz / Vinícius Ladeira
Painel de Discussão desta Trilha
Schedule subject to change

Sponsors

Diamond




Apoio


Apoio Institucional


Patrocínio Trilha

Microsoft

Instituição Parceira

Uniritter

Realização