TDC FUTURE
TECHNOLOGY CREATING TOMORROW

Trilha DIVERSIDADE

Não somos todos iguais, somos infinitamente múltiplos. Dandara Bãça

A trilha de Diversidade é um espaço para todas as pessoas compartilharem, trazendo representatividade para impactarmos a comunidade de tecnologia, levando mais empatia, respeito e pertencimento.

O future é diverso, conhecer e entender a diversidade é começar no hoje a construção de uma comunidade focada no respeito ao ser único que somos.

Não somos todos iguais, somos infinitamente múltiplos. Dandara Bãça

Date and Place

Tuesday, December 6, 2022

09h às 19h

REMOTE ACCESS WITH ONLINE BROADCAST

Investment

Como funciona o Community Pass

Schedule / Talks Time Zone: GMT-3

Programação desta Trilha:
Time Content
10:35 to 10:50 Track opening by coordination

Here the coordinators introduce themselves and make an introduction to the track.

10:55 to 11:30

Como fomentar o protagonismo de diversidades em empresas tech?

Lorena Locks Coelho

Vamos abordar dados que corroboram a importância de fomentar discussões sobre diversidade, equidade e inclusão na área de tecnologia. Sendo esse um ambiente altamente masculino, heteronormativo, cis e branco. Além disso, também traremos dicas de ações que as pessoas podem ter em suas empresas sobre DE&I

11:40 to 12:15

Tirando diversidade e inclusão do backlog

Fátima Frazão

Diversidade e inclusão não são apenas temas em evidência. São característica de produtos e times que buscam levar valor a soluções para seus usuários.

12:25 to 13:00

TDAH: deixei para a última hora e não lembro sobre o que vou falar!

Luciano Sclovsky

O TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade) é uma forma de neurodiversidade que começou a ser diagnosticada em crianças há uns 30 anos e há apenas 10 anos em adultos. O próprio nome do transtorno traz em si o preconceito dos neurotípicos: a pessoa é taxada de desatenta, acelerada, preguiçosa, esquecida, desrespeitosa, etc. A sociedade está apenas iniciando a entender este tipo de diversidade que é muito mais comum na tecnologia do que você imagina. Irei falar um pouco sobre a minha história, sobre que tipo de dificuldades pessoas com TDAH enfrentam e como as empresas e a sociedade podem se tornar mais inclusivas.

13:05 to 14:05 Intervalo para almoço

An excelent opportunity for all people in the event to interact and exchange ideas. Collaborators, sponsoring and supporting companies, speakers and technical committeé.

14:10 to 14:20 Track opening by coordination

Here the coordinators introduce themselves and make an introduction to the track.

14:25 to 15:00

Mulheres na tecnologia promovendo inovação

Ana Claudia Santos

?Se mudarmos o começo da história, mudamos a história toda?. É o que diz o documentário: O Começo da Vida. Todos se preocupam em inovar, mas em geral ignoram questões cruciais para o avanço, como a equidade de gênero na área de TI. Se quer ter um ambiente de trabalho mais diverso e inovador, essa é para você! Nesta palestra abordaremos o desafio das mulheres no universo da tecnologia e como pequenas e grandes organizações vêm atuando para tornar essa área mais diversa e inclusiva.

15:15 to 15:50

Por que devemos falar sobre Etarismo?

Anna Karinane de Souza Silva

(online)

Etarismo é a discriminação contra pessoas com base em estereótipos associados à idade, acredito que algumas vezes dentro de organizações você já presenciou situações onde essa discriminação aconteceu e pode até ter passado despercebido. Nesse talk vamos falar sobre Etarismo, porque é importante falarmos do tema e como você pode colaborar para que esse tipo de situações não aconteçam no ambiente de trabalho e organização.

15:55 to 16:30

Como eu desenvolvi um app que que empodera meninas periféricas por meio da tecnologia

Larissa Vitoriano

(online)

Nesta apresentação contarei os detalhes do app Minidev, projeto desenvolvido para ensinar programação front-end (matemática básica, lógica, orietação à objetos, html, css e javascript) para meninas estudantes de escolas públicas da periferia de São Paulo. A ideia é apresentar todas as etapas do processo criativo, grupos de foco, pesquisas, passando principalmente pelo desenvolvimento, linguagens e códigos. Por fim, a aplicação e a formação da primeira turma de meninas que receberam os conteúdos. O projeto foi desenvolvido como a tese de mestrado e, a seguir, recebeu investimento por parte da prefeitura de São Paulo, por meio do programa VAI.

16:40 to 17:15

Sem Diversidade não há Transformação e eu vou te mostrar o porquê.

LUAN LINARES

Ao falarmos de transformação digital, umas das coisas que vêm a nossa cabeça é o tanto de gente que o mundo e os produtos digitais impactam diariamente. Um produto não é pensado para um pequeno nicho de usuários, mas para toda e qualquer pessoa que posse se beneficiar dele. Partindo desse ponto e com alusão a alguns desenhos animados, iremos debater o porquê é tão importante termos pessoas diversas atuando na transformação digital de produtos e empresas e os benefícios dessas ações para a comunidade em geral.

17:25 to 17:55 Networking and Visiting Stands

Break to network and get to know the booths of the event.

18:05 to 19:05

A construção da diversidade por diferentes vieses

Fátima Frazão / Luana Arend / Andressa Freires
Painel de Discussão desta Trilha
Schedule subject to change

Sponsors

Diamond




Apoio


Apoio Institucional


Patrocínio Trilha

Microsoft

Instituição Parceira

Uniritter

Realização