TDC CONNECTIONS
Building Software in the Connected World

Trilha TESTES

Testes? Automação? Técnicas? Ferramentas? Carreira? Você está pronto para conectar tudo isso?

Em um contexto complexo no mundo tecnológico que vivemos, testar o que precisa ser testado de forma assertiva é essencial!

Para isso, precisamos aplicar as melhores estratégias, técnicas, ferramentas, automação e conhecimento para conectar e trabalhar da melhor maneira isso tudo!

Mas quais são estas estratégias, técnicas, ferramentas? Como organizá-los e aplicá-los no ciclo de desenvolvimento?

Juntos, na trilha Testes, vamos trazer um conteúdo que responderá essas perguntas, além disso, muitos insights para serem aplicados no seu dia a dia para aprimorar a qualidade do software!

Você não vai perder esta oportunidade, né?

Venha conhecer este incrível universo de Testes e claro, fazer muito networking! Bora nessa com a gente?"

Date and Place

Wednesday, March 23, 2022

09h às 19h

REMOTE ACCESS WITH ONLINE BROADCAST

Investment

Valores para participação online:
1 track: R$ 170 for R$ 125
2 tracks: R$ 340 for R$ 225
3 tracks: R$ 510 for R$ 325
* enjoy bigger discount until FEB/16,
see full table

Valores para participação online:
1 track: R$ 170 for R$ 145
2 tracks: R$ 340 for R$ 260
3 tracks: R$ 510 for R$ 375
* price valid until MAR/11,
see full table

Valores para participação online:
1 track: R$ 170
2 tracks: R$ 295
3 tracks: R$ 430
* price valid until MAR/24,
see full table

Schedule / Talks Time Zone: GMT-3

Time Content
09:00 to 09:35 Opening of the event and mini keynotes

On the Stadium stage, everyone will be guided on how the event works, highlights and other news.

09:40 to 10:25

Afrofuturismo 2.0 e Afrofuturalidades - A disrupção do viés inconsciente

Zaika do Santos

Keynote de Abertura

Através de metodologias híbridas em perspectivas conceituais, com horizon scan, brainstorming, design estratégico, storytelling, a proposta consiste em tratar da disrupção do viés inconsciente em bancos de dados, na aprendizagem de máquina, ferramentas de busca e redes sociais.

Afrocentralidade na pós-modernidade e as metodologias, que têm como relação principal a produção de linhas temporais e multiversos na ficção e na realidade, denominadas Afrofuturalidades.

Afrofuturismo 2.0 é a ?tecnogênese do início do século XXI da identidade negra refletindo contra-histórias, hackeando e / ou apropriando-se da influência do software de rede, lógica de banco de dados, analítica cultural, remixabilidade profunda, neurociências, aprimoramento e aumento, fluidez de gênero, possibilidade pós-humana, a esfera especulativa, com aplicações transdisciplinares e cresceu em um importante movimento pan-africano diaspórico tecno-cultural."

O keynote apresenta o Afrofuturismo 2.0 e Afrofuturalidades como práticas concisas na aplicação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ONU para a equidade e segurança digital.

10:30 to 10:45 Track opening by coordination

Here the coordinators introduce themselves and make an introduction to the track.

10:50 to 11:25

Indo além do "by the book": como a cultura de qualidade é aplicada no dia a dia

Bruna Emerich / Tamara Fontanella

Quantas vezes você já escutou a frase "Qualidade é responsabilidade de todos", mas na prática só o QA é responsável pela qualidade de software no time. Nessa apresentação abordaremos assuntos que irão te guiar na criação de uma cultura de qualidade através de ferramentas e cases vivenciados pelas palestrantes indo além do "by the book".

11:30 to 12:05

Esqueça a pirâmide de testes, conheça a abordagem Honeycomb

Jhonathan de Souza Soares

Do ponto de vista moderno, a pirâmide de testes parece excessivamente simplista e, portanto, pode ser enganosa. A aplicação de "honeycomb testing" mostra maiores vantagens na situação onde se aborda uma arquitetura de microsserviços, aquela que os serviços têm responsabilidades bastante granulares e, portanto, as responsabilidades dos testes unitários e de serviços se aproximam bastante, dado que o microsserviço está vinculado a um único recurso de negócios, não a um negócio inteiro. A ideia desta talk é mostrar essa nova abordagem e os benefícios da mesma ao se tratar de testes em uma arquitetura baseada em microsserviços.

12:10 to 12:45

Testes Além do Código

Jonathan Henrique Medeiros

Escrever testes automatizados é uma das atividades tradicionais do dia a dia de quem trabalha com o desenvolvimento de soluções.

Por se tratar de código não produtivo muitas vezes ele acaba não evoluindo com a mesma precisão em que o código produtivo evolui.

Tem como melhorar?

Vamos ver uma forma de escrever testes automatizados seguindo o uso de Domain Specifc Language e transformar os testes em uma fonte de informação de alto valor eliminando o foco dos frameworks utilizados para testes e voltando o olhar para o domínio de negócio.

12:50 to 13:55 Networking and Visiting Stands

Break to network and get to know the booths of the event.

14:00 to 14:05 Track opening by coordination

Here the coordinators introduce themselves and make an introduction to the track.

14:10 to 14:45

Quality Assistance: uma nova forma de fazer QA

Daniel Castro

Empresas ao redor do mundo já tratam QA como algo além de Quality Assurance, e algumas até consideram que o acrônimo represente Advisoring, mas a nova tendência já é uma realidade. Adotar o conceito de Quality Assistance pode significar uma mudança significativa em toda a operação de engenharia de software de sua companhia, porém todo este esforço pode valer muito à pena. Nesta palestra vamos estudar um case de sucesso relevante que tem sido usado como referência por muitas companhia que decidem promover esta transformação em sua maneira de lidar com a Qualidade de Software.

14:50 to 16:05

Vamos conectar automação no ciclo de desenvolvimento?

Fábio Araújo / Natali Cabral / Samuel Lucas / Fernando Papito
Painel Digital desta Trilha
16:10 to 16:20 Networking and Visiting Stands

Break to network and get to know the booths of the event.

16:25 to 17:00

Simulando diversos componentes com TestContainers para qualidade de Microsserviços e Continuous Testing

Guilherme Rogatto

Com TestContainers podemos estruturar diversos componentes como banco de dados, eventos distribuídos como Kafka/RabbitMQ, serviços terceiros, meios de autenticação, mocks e muitos mais. Com isso não temos a dependência de ambientes em nossos testes de integração, obtendo diversos ganhos expressivos em diversos pontos que serão apresentados, inclusive em pipelines de Integração Contínua e como se encaixa a abordagem de Continuous Testing.

17:05 to 17:40

Testes integrados com Docker

Tiago Aguiar Moreira / Bruno de Jesus Santos

Ao longa da minha carreira conheci poucos desenvolvedores que conhecem testes unitários. E destes, uma parcela ainda menor conhecem testes integrados. Você aprenderá como realizar testes integrados com um banco de dado em memória e com um banco de dados dentro de um container Docker. Sendo que este container será iniciado através do seu próprio código de teste. O projeto testado é uma API feita com C# e para acessar o banco de dado usarei EF Core. Como framework de teste usarei o xUnit e o conceito de compartilhamento de contexto usando fixtures.

17:45 to 18:20

O Impacto de uma boa estratégia de QA em uma empresa digital

Adilson Ferreira / Luis Augusto Teixeira Silva

Vamos mostrar como uma boa estratégia de QA pode alavancar em até 10x o alcance e visibilidade de seus apps mobile.

Com as estratégias adequadas a cada cenário, por meio das técnicas, práticas e processos de QA ideais para o momento do seu time e do seu negócio, é possível aumentar a qualidade percebida do seu produto digital e passar a alcançar mais pessoas, aumentando a satisfação dos clientes finais.

Nesta apresentação, compartilharemos uma experiência real!

18:25 to 18:40 Open Space

18:45 to 19:15 Closing session

After the presentation of the results of the day, on the Stadium stage, many sweepstakes will close the day.

Schedule subject to change

Sponsors

Diamond


Gold




Apoio Institucional


Instituição Parceira


Realização